O Livro Ilustrado dos Maus Argumentos

By Ane Venâncio - novembro 10, 2017


Não existe um segredo ou  fórmula mágica para se escrever uma boa história, mas existem algumas regras e dicas que podem se tornar grandes aliadas no seu processo de escrita. Já compartilhamos aqui no blog 5 livros sobre criatividade, mas a criatividade sozinha não faz milagre e para vender uma ideia você precisa ter um bom argumento e é sobre isso que iremos falar hoje. 

A literatura sobre lógica e falácias lógicas é ampla e variada. Existem diversos livros que se propõem a ensinar o leitor a utilizar as ferramentas e paradigmas que sustentam um bom raciocínio, de forma a produzir debates mais construtivos. No entanto, ler sobre o que não se deve fazer também é muito útil. Em seu livro Sobre a escrita, Stephen King afirma: "Aprende-se mais claramente o que não se deve fazer por meio da leitura de prosa ruim." 



Escrito por: Ali Almossawi
Ilustrado por:  Ajejandro Giraldo
Traduzido por: Leila Couceiro
Editora: Sextante
Sinopse: Este livro é direcionado aos novatos no campo do raciocínio lógico, particularmente àqueles que, tomando emprestada uma expressão de Pascal, têm como característica compreender melhor através do visual. Eu selecionei um pequeno conjunto de erros comuns de raciocínio e os elucidei utilizando ilustrações fáceis de recordar, que são complementadas com vários exemplos. Minha esperança é que o leitor aprenda dessas páginas algumas das armadilhas mais comuns da argumentação e que seja capaz de identifica-las e de evita-las na prática. 


Diante das discussões cada vez mais absurdas nas redes sociais, Ali Almossawi  resolveu resgatar uma dose – necessária e urgente – de lógica para a era da internet. O resultado é este livro, que explica aos longo de 64 páginas, com divertidas ilustrações, as 19 principais falácias que tornam insustentáveis tantos argumentos e debates. 

O grande diferencial desta obra é o uso de ilustrações bem-humoradas para descrever erros de raciocínio comuns atualmente. Elas são inspiradas em partes por expressões como  as encontradas em A revolução dos bichos, de George Orwell, e pelo humor nonsense de Lewis Carroll. Cada falácia (são argumentos inconsistentes e sem fundamentos que geralmente são mascaradas como “verdadeiro”) é apresentada em apenas uma páginas o que deixa a leitura mais fácil e fluída. Você aprende algo novo sem parecer que está "estudando", é algo construtivo e divertido. 

As ilustrações mostram animais cometendo erros de argumentação. Como por exemplo o coelho que acha que uma estranha luz no céu só pode ser um disco voador porque ninguém consegue provar o contrário (apelo à ignorância). 


Ou ainda o  leão  que não acredita que a emissão de gases do gado prejudica o planeta porque, se isso fosse mesmo verdade e tivéssemos que eliminar as vacas, ele teria que comer grama, um resultado altamente indesejável (argumento a partir das consequências).


O Livro Ilustrado dos Maus Argumentos é um livro rápido, instrutivo e que possuí uma narrativa de fácil entendimento ainda que trate de assuntos complexos. Depois da leitura aposto que sua visão sobre o modo que você argumenta irá mudar, assim como a percepção do meio em que você vive. Esta é aquele tipo de leitura que a gente não consegue guardar apenas para si, é o tipo de livro que todos deveriam ter a oportunidade de ler!



  • Share:

You Might Also Like

0 comentários

Seja bem-vindo ao Projeto Escrita Criativa!
Deixe o seu comentário e interaja conosco. ;)